Técnica 53 - Curva de Tensão Conflitiva

Todo conflito tende a uma curva de tensão conflitiva dentro de uma normalidade estatística. Isto significa que um conflito entrará uma escalada de tensão até que se estabilize e possa, finalmente, iniciar seu processo de declive, resolução e extinção. 


Conhecida como "curva de Gauss", sua variância representa estatisticamente uma distribuição normal, ou seja, aquela que segue leis físicas e matemáticas aplicáveis ao mundo e suas ocorrências naturais, de tal forma que sua alteração apenas indicará que novos eventos foram incluídos no processo em estudo.

Por exemplo, uma curva em contínua ascendência (crescimento) indica que a escalada do conflito ainda está em curso. Quando se encerrar a escalada, a tendência será o curso da curva de tensão chegar ao seu cume e estabilizar e manter-se linear, até que comece a iniciar seu declive, quando a busca pela solução do conflito é ativada pelas partes.

Entender a existência da curva de tensão permite evitar que uma escalada do conflito seja movida por quem está consciente do que está a ocorrer. Nesse sentido, a parte lúcida envolvida pode brecar o revide e iniciar assim os movimentos cooperativos em prol da solução.