Técnica 36 - O Silêncio

Muitas vezes, o silêncio é usado para evitar a intensificação de uma controvérsia. Nesse sentido, ele é uma técnica auxiliar, utilizada para esfriar a impulsividade em curso, apaziguar as emoções e permitir o retorno à racionalidade.

No calor de uma discussão, é possível ocorrer uma escalada de agressividade, a qual não é recomendada pois não tem nenhum propósito útil à solução da controvérsia.

Por isso, as vezes é necessário encerrar o ciclo calando-se, especialmente se há ofensas em curso. 

Há que se mudar aquela frase popular de que "não se leva desaforo para casa", para a frase "não respondo a desaforo pois não levo desequilíbrio emocional de outro para casa".

Simplesmente calar-se e deixar que o mediador siga o curso dos trabalhos, intercedendo até os ânimos acalmar-se e a sessão retornar ao equilíbrio pela racionalidade, tendo em mente que você está em equilíbrio e vai mantê-lo sempre.

Em alguns casos, quando a técnica do perdão também é utilizada, o silêncio pode ser usado como uma defesa pessoal, uma forma de se afastar daquele conflito que já não lhe pertence mais. Sair de cena, andar para frente e seguir a vida.