Técnica 22: Líder Pacificador

           A técnica do líder pacificador implica na releitura dos arquétipos das lideranças antigas e seu papel no seio da comunidade.

          Observados na sociedade ocidental enquanto mitos apenas observáveis em filmes, ao estudo de Harry Potter ou Senhor dos Anéis, o grande líder da comunidade, "Merlin", adentra ao conceito tribal de organização social, no qual o "Xamã" ou mesmo o "Cacique", tem uma função primordial na pacificação da comunidade.

          Em países do oriente, a figura do líder comunitário, dotado de funções pacificadoras ainda é regra em muitos locais em que a noção ocidental de Estado não segue ao modelo observado na Europa.  

          No Brasil, remontam aos antigos "juízes de paz", pessoas de alto respeito social que, no passado, tinham por função não só realizar casamentos, mas também mediar conflitos no seio da comunidade.

          Padres, Pastores, Decanos, Ex-presidentes e outras pessoas de ascensão social também fazem esse papel de resolver conflitos, dentro dos seus âmbitos comunitários afeitos.

          Nesse sentido, a técnica do líder pacificador pode ser utilizada, quando as partes optam por expor sua controvérsia a um líder pacificador perante o qual tenham afinidade e respeito.

          O líder então, realiza a conciliação das partes, sugerindo a solução dentro do seu nível de ascensão sobre as partes.